Vejam como funcionava, em Brasília, a fábrica de perfis falsos que espalhavam calúnias contra políticos na internet

Terça Livre

“Eu operava vários perfis falsos. A ordem era descer o pau nos adversários” Eugênia Pereira de Arruda, estudante (Foto: Cristiano Mariz)

“Eu operava vários perfis falsos. A ordem era descer o pau nos adversários” Eugênia Pereira de Arruda, estudante (Foto: Cristiano Mariz)

Ver o post original

Anúncios
Esse post foi publicado em Sobre a Alimentação. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s